83% dos municípios cearenses possuem plantação de caju

Você deve ler

Distante dos meses da quadra chuvosa, o segundo semestre é marcado pela forte presença do caju cultura no Ceará. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre a Produção Agrícola Municipal (PAM) apontam que 153 dos 184 municípios cearenses estão ligados à produção estadual do fruto.

Segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) do IBGE, até setembro de 2022, a plantação de caju ocupa 272.580 hectares (ha) do território cearense com áreas de produção. O número representa 64,06% da área em que se produz castanha-de-caju no Brasil (425.480 ha).

Para Regina Dias, supervisora de Estatísticas Agropecuárias do IBGE, a importância do caju para o Ceará é “imensa”. Ela destaca que, além do Estado ser a principal Unidade da Federação produtora de castanha-de-caju, outros produtos são obtidos por meio dos cajueiros, como o pedúnculo do caju (parte que não é a castanha), o caju para mesa, o líquido da casca da castanha e a lenha.

O pedúnculo é, justamente, uma das partes da produção com maior utilidade, podendo ser aproveitado para o consumo in natura, fabricação de doces, sucos, polpa, além de outras produções, como refrigerante de caju, pratos doces e salgados, e até na fabricação de ração animal. Tal versatilidade faz com que ele tenha um alcance social e econômico significativo nos estabelecimentos agropecuários, segundo Regina Dias.

spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário!
Nome

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ
spot_img
PUBLICIDADES
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Anuncie a sua empre aqui

anuncie sua empresa aqui

Rádio

Rádio

Postagens Relacionadas

spot_img