Dom Geraldo Freire toma posse como bispo de Iguatu, no Ceará

Você deve ler

Na ocasião o novo bispo recebe o abraço de boas vindas do bispo Dom Edson Homem.

No último sábado, Iguatu recebeu o quinto bispo da diocese, dom Geraldo Freire. Inicialmente, houve homenagem e acolhimento na Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro do Prado. O padre Patrício, redentorista que morreu afogado nas águas do rio Jaguaribe em abril de 1973. Foi homenageado com uma canção interpretada pelo músico José Vicente e o Brilho. Brilhe lindo na juventude de agora.

Depois, o bispo percorreu ruas da cidade em carro aberto até a Catedral de São José, onde houve a solenidade litúrgica de posse do novo bispo, Dom Geraldo Freire. Bispos das dioceses do Ceará, também do Piauí, Paraíba e Pernambuco estiveram presentes, além de dezenas de religiosos, padres, freiras e a comunidade católica, além de autoridades locais. É o que os católicos da Diocese de Iguatu podem esperar do novo bispo. O padre João Batista, que durante um ano e meio exerceu a função de administrador diocesano, o novo bispo aponta para ser uma pessoa próxima aos pobres, doentes e aos necessitados, como quer Jesus Cristo.

Pela escolha do seu lema O pão nosso de cada dia, pela homilia que ele fez ontem no dia da posse e pelo perfil de padre redentorista, de missionário redentorista. Eu acho que a diocese pode esperar, com certeza, um grande pastor presente na vida do seu povo, que vai de fato se aproximar das pessoas, principalmente dos sofredores, dos doentes, dos pobres e vai abraçar com ardor todos os desafios que a Diocese tem que a Igreja tem, contribuindo também para a construção de uma sociedade mais justa, mais fraterna. Enfim, imprimindo a marca do Evangelho nestas gerações de hoje e do futuro. Com certeza Dom Geraldo vai caminhar conosco muitos anos e vai nos ajudar a ser uma igreja fiel a Jesus Cristo.

O bispo da Diocese de Iguatu, Dom Geraldo Freire, explicou a motivação para ouvir cada padre de forma individual já a partir de hoje, segunda feira..

O primeiro lugar é uma proximidade, porque a gente conhecendo a pessoa, o seu jeito, a sua origem, de onde vem a sua formação religiosa, quais as expectativas que eles têm? Também as dificuldades, os desafios. O bispo tem que saber disso porque de repente eu posso estar pensando uma grande missão para um padre que não esteja em condições de assumir isso. Então a gente tem conversado com e sendo ouvindo. Então a gente vai tendo esse, porque o bispo, quando vai fazer alguma transferência, vai sugerir alguma mudança para ocupar algum ofício na diocese? Ele tem que saber o perfil de cada padre ao seu jeito, à sua maneira. Então ele tem que conversar para conhecer mais os outros. Não pode falar sobre ele, ele mesmo que tem que dizer as suas dificuldades, desafios, as alegrias, as esperanças e assim por diante.

Dom Geraldo Freire deixou uma mensagem de esperança para o povo da Diocese de Iguatu.

Desejo a todos esperança, alegria. Vivemos um tempo de muitas expectativas no sentido, sobretudo no campo político, social e sempre as pessoas esperam dias melhores. E a Igreja está voltada também com essa preocupação de acompanhar todo esse processo, porque envolve a vida como um todo. Então, desejo a todos os Iguatu esses abertura do coração para sempre acolher aquele que vem da Palavra de Deus, do Evangelho que gera a vida.

Reportagem: Honório Barbosa

Foto: Lucinete Alves

spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário!
Nome

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ
spot_img
PUBLICIDADES
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Anuncie a sua empre aqui

anuncie sua empresa aqui

Rádio

Rádio

Postagens Relacionadas

spot_img