111 Com aumento de casos de Covid e de Influenza, Ceará implementará plano de contingência | Site Tribuna Iguatu

Com aumento de casos de Covid e de Influenza, Ceará implementará plano de contingência

Você deve ler

 

Em transmissão ao vivo, governador Camilo Santana fez apelo para que população mantenha os protocolos sanitários e busque manter esquema vacinal atualizado

O governador do Ceará, Camilo Santana, realizou, na noite desta quinta-feira (30), uma transmissão ao vivo nas redes sociais para falar sobre a pandemia da Covid-19 e o aumento dos casos de síndrome gripal no Estado. Ao lado do governador estava o secretário da Saúde do Ceará, Marcos Gadelha, que apresentou o panorama de momento. O tom foi de alerta pelo aumento dos casos de Influenza e de Covid, e também de apelo para que a população se vacine, continue utilizando máscaras, pratique o distanciamento social e evite aglomerações nas festas de fim de ano e em reuniões familiares.

“Devido ao aumento dos índices no grau de positividade nos testes de Covid-19 e por uma grande procura na demanda assistencial na rede estadual de saúde, promovemos uma reunião nesta quinta-feira (30) para avaliar tanto a pandemia quanto o aumento dos casos de síndrome gripal no Ceará. Nossos técnicos já estão avaliando dados e, pelo o que nos foi apresentado, apontam que o momento requer a prática de alguns cuidados para evitar novos surtos de Covid, e também a transmissão das síndromes respiratórias que estão acontecendo em nosso Estado, principalmente em Fortaleza”, apontou o governador, que informou estar atento também ao aumento nos números de casos na Europa e Estados Unidos.

Camilo Santana afirmou que já há indício forte de transmissão comunitária da variante Ômicron no Ceará, e, por isso, promoverá ações de imediato. “A variante já foi identificada no Ceará e, como o nível de propagação é muito alto, queremos aqui, neste momento, em meio às festas de final de ano que foram marcadas com antecedência, e que deverão cumprir todos os protocolos exigidos, dar um alerta. É preciso dobrar os cuidados nessas festas de celebração, quando as famílias e amigos se reúnem. Que usem máscaras, pratiquem o distanciamento social e evitem aglomerações”, reforçou.

Diante deste cenário, o Governo do Estado anunciou que a secretaria da Saúde (Sesa) vai elaborar e comandar um plano de contingência, que consiste em:

1) Promover a testagem em massa em todos os municípios;
2) Reforçar o monitoramento dos casos de Covid-19;
3) Aumentar a fiscalização dos protocolos sanitários estabelecidos;
4) Ampliar a vacinação (D1, D2 E D3).

“Vamos intensificar a testagem, ampliando os postos de testagem em pontos de grande circulação da população de Fortaleza. Para o Interior, já autorizamos a compra de mais testes de Covid-19 para garantir a distribuição aos municípios cearenses. Ter esses números é fundamental, porque somente com a testagem em massa, e esse controle, é que podemos elaborar novas ações de combate à pandemia no Ceará”, explicou o governador.

Importância da vacinação

O titular da pasta da Saúde ressaltou que o cenário da pandemia no Estado e os números de síndrome gripal preocupam. Isso justifica a necessidade de continuar com a vacinação e redobrar os cuidados. “Em virtude desse cenário, do aumento da positividade dos exames para Covid, e um intenso aumento no atendimento nas unidades básicas de Saúde não apenas do Estado, mas também nas UPAs municipais, nós promovemos uma reunião emergencial com integrantes da assistência social, para continuar com a vacinação em massa para pessoas em condição de rua, e nas casas de cuidados de idosos, para desenvolver esse plano conjunto com o sistema de Saúde”, informou Marcos Gadelha.

E completou: “Temos de ter mais cuidados com as pessoas da melhor idade, com as grávidas, puérperas, crianças e portadores de comorbidades, principalmente as respiratórias. Precisamos evitar aglomeração, usar máscara e fazer a sanitização das mãos. Portanto, não podemos relaxar nesse momento, mesmo querendo encontrar os amigos e entes queridos”.

Cenário

Dado importante apresentado foi o panorama de internações e casos graves de Covid. “É de extrema importância a vacinação, pois para a grande maioria das pessoas que contraem a Covid que estão vacinadas, os sintomas são mais leves. Ninguém está imune ao vírus, mas quem se vacinou tem sintomas leves, geralmente não precisa de internação. Quem se interna ou está na UTI, não se vacinou. Soube que muitas pessoas não estão indo tomar a terceira dose, mas é essencial, pois a imunidade começa a diminuir”, detalhou Camilo Santana.

O governador destacou a antecipação da terceira dose (D3) para quatro meses após a D2. “Portanto, eu quero fazer um apelo. Só a vacina tem mostrado eficácia e eficiência na luta contra a Covid. Por favor, aquelas pessoas que não tomaram ainda a terceira dose, não tomaram nem a segunda dose, aos que não se vacinaram ainda, por favor, a vacinação não apenas te protege, mas também aqueles que amamos, protege a nossa família, nossos amigos, e todos que estão ao nosso redor”, reiterou.

Camilo também destacou a expectativa pelo início da vacinação de crianças de 5 a 11 anos no Ceará. “A única forma de acabar essa pandemia é se vacinar, inclusive as nossas crianças. Pois, geralmente, as crianças são assintomáticas, podem passar para toda a sua família de forma silenciosa. Eu mesmo já cadastrei meus dois filhos elegíveis para a vacinação, e se tudo der certo, já em janeiro vamos iniciar a vacinação das crianças”, finalizou o governador do Ceará.

Daniel Herculano – Ascom Casa Civil – Texto
José Wagner, Tiago Stille e Helene Santos – Fotos


#CasosDeSíndromeGripal #Coronavírus #Covid19 #PlanoDeContingênciaCovid #SaúdeCeará #Sesa #TransmissãoComunitária #VarianteÔmicron

spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário!
Nome

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ
spot_img
PUBLICIDADES
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Anuncie a sua Empresa Aqui

Anuncie a sua empresa Aqui

Postagens Relacionadas

spot_img