PF conclui primeiro inquérito sobre Anvisa e diz que houve crime de ameaça

Você deve ler

 

A Polícia Federal concluiu que o paranaense Douglas Bozza cometeu crime de ameaça ao enviar email a cinco diretores da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em que afirmava que iria matar quem “atentasse contra vida de seu filho” por causa da obrigação da vacinação contra Covid-19.
O inquérito foi aberto em outubro e concluído no mês passado. Na época do email, em outubro, a Anvisa começava a debater a vacinação a partir dos 5 anos.
Na última semana, após aprovar o uso da Pfizer em crianças, a agência voltou a ser alvo de ataques. Uma nova investigação foi aberta nesta segunda (20) após nova solicitação de integrantes da agência.
“Por identificar uma ameaça contra a saúde e integridade do meu filho nestas vacinas experimentais, sejam o que forem (sic), estou tomando a difícil atitude de retirá-lo do ambiente escolar”, dizia a mensagem enviada.
Via: Lindomar Rodrigues
Foto: Divulgação

#PF #primeiroinquérito #Anvisa #crimedeameaça
spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário!
Nome

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ
spot_img
PUBLICIDADES
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Anuncie a sua Empresa Aqui

Anuncie a sua empresa Aqui

Postagens Relacionadas

spot_img