Camilo cobra mais doses de AstraZeneca; Ministério alega que Estado utilizou 2ª dose para aplicar D1

Você deve ler

 

O governador Camilo Santana (PT) foi às redes sociais nesta terça-feira (26) para dizer que ligou para o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para pedir mais doses da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19, considerando o atraso na aplicação da segunda dose (D2) em municípios do Estado. 

“Conversei por telefone há pouco com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e com o ministro substituto, Rodrigo Cruz, sobre o envio de mais vacinas AstraZeneca para o Ceará, de forma a garantir a segunda dose dos cearenses. Nossa Secretaria da Saúde já havia enviado ofício ao Ministério ontem e reforcei a urgência dessa solicitação. O ministro garantiu empenho na solução”, informou o governador. 

O Ministério da Saúde, em nota, disse ter concluído o envio de todas as doses de AstraZeneca necessárias para completar o esquema vacinal da população adulta brasileira. Contudo, segundo dados do LocalizaSUS, inseridos pelo Ceará, o Estado aplicou como primeira dose (D1) cerca de 72 mil que haviam sido destinadas pelo Governo Federal para a D2. 

Se novas doses não chegarem, pelo menos 40,5 mil cearenses podem ser impactados por esse imbróglio, considerando quem deveria receber a segunda dose entre domingo (24) e o próximo sábado (30) por ter recebido a primeira entre 26 de julho e 1º de agosto.

Via: Lindomar Rodrigues

Foto: Divulgação

#Camilo #cobramaisdoses #AstraZeneca #Ministério #Estado

spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário!
Nome

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ
spot_img
PUBLICIDADES
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Anuncie a sua empre aqui

anuncie sua empresa aqui

Rádio

Rádio

Postagens Relacionadas

spot_img