Convênio com cartórios para agilizar liberação de salário-maternidade e pensão por morte ainda está em Brasília, diz gerente executivo do INSS no Ceará

Você deve ler

 

Os segurados da previdência social que derem entrada, por meio dos cartórios, nos pedidos de salário-maternidade e pensão por morte terão todos os processos analisados pelos técnicos do INSS. Foi o que disse, nesta quinta-feira (07), em entrevista ao Jornal Alerta Geral, o Gerente Executiva do INSS, Agência Fortaleza, Francismar Lucena, ao ser perguntado sobre o convênio assinado com as entidades que congregam os cartórios de registro civil para agilização do salário-maternidade e da pensão por morte. 

Francismar fez questão de enfatizar que todos os pedidos dos benefícios passarão pela análise dos técnicos do INSS e que, no caso do salário-maternidade e de pensão por morte dos segurados que tenham todos documentos e dados pessoais atualizados, a concessão será automática. 

Ele enfatizou, porém, que o convênio do INSS com os cartórios ainda está em Brasília, ou seja, não chegaram ao Ceará as orientações sobre o projeto piloto a ser executado a partir do dia 15 de outubro com o objetivo de agilizar, por meio dos cartórios, a liberação do salário-maternidade e da pensão por morte.

Via: Lindomar Rodrigues

Foto: Divulgação

#Convênio #cartórios #liberação #saláriomaternidade #pensãopormorte #INSS #Ceará

spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário!
Nome

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ
spot_img
PUBLICIDADES
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Anuncie a sua empre aqui

anuncie sua empresa aqui

Rádio

Rádio

Postagens Relacionadas

spot_img