Ceará deve criar 25 mil empregos temporários e efetivos até o fim de 2021, prevê Sine/IDT

Você deve ler

 

O avanço da vacinação no Ceará vem mostrando reflexos positivos sobre o mercado de trabalho formal. De acordo com o Sine/IDT, devem ser captadas e lançadas para a população cerca de 25 mil vagas de emprego entre agosto e dezembro deste ano, entre efetivas e temporárias. Na comparação com igual período do ano passado, são cinco mil a mais. 

O presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho, Vladyson Viana, avalia que a ampliação da cobertura vacinal tem proporcionado mais segurança aos empreendedores para o investimento na abertura de novas vagas. 

“O segundo semestre historicamente mostra uma empregabilidade maior, devido à sazonalidade, temos a alta estação e há um aquecimento. Nós observamos que em 2020 o saldo foi negativo em 48 mil vagas formais. Este ano, até junho, temos um saldo positivo de 43 mil vagas”, pontua o presidente do IDT. 

A maior parte das vagas, efetivas e temporárias, são do comércio e serviços. A indústria, com destaque para a têxtil e de transformação, também é uma atividade que possui protagonismo na geração de vagas no segundo semestre.

Via: Lindomar Rodrigues

Foto: Divulgação

#ceará #empregos #temporários #efetivos

spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário!
Nome

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ
spot_img
PUBLICIDADES
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Anuncie a sua empre aqui

anuncie sua empresa aqui

Rádio

Rádio

Postagens Relacionadas

spot_img